Quem sou eu

Minha foto
O grupo Mulheres 4 Estações,nasceu do encontro de ideias de 3 mulheres, ao perceberem em si o quanto é prazeroso e enriquecedor a troca de vivencias, já que tantas vezes nos reconhecemos no pensamento e sentimento alheio. Então veio o desejo de compartilhar essa experiencia com outras mulheres..... e assim como a natureza se reveste das estações para se revelar aos nossos olhos,nós nos revestimos do falar e ouvir, para nos revelar a nós mesmas.........

segunda-feira, 7 de março de 2016

DORES

" Uma criança cai e chora alto até a mãe escutar, mas quando cresce e leva uma rasteira da vida, começa a chorar escondida e bem baixinho no escuro do quarto, pra não explicar uma dor que aparentemente não corta, mas machuca bem mais do que um joelho ralado."
( Sean Wilhelm )


                                    (imagem google)

13 comentários:

  1. Os arranhões da infância nada são diante dos tombos que a vida provoca. A dor que nos trazem temos que superar sem os beijinhos de mãe, porque não são visíveis as cicatrizes. Bela escolha! Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Complicado, moça!
    "Uma rasteira da vida" não faz sangrar e as pessoas não entendem nossa dor. Então vamos char sozinhos mesmos.

    Grande abraço, moça!

    Um feliz Dia das Mulheres!

    ResponderExcluir
  3. Olá Sonia,

    Lamento profundamente pela perda do seu irmão. Minhas condolências à família. Que Deus conforte a todos neste momento de dor.

    O pensamento é perfeito. Nunca falta colo e proteção quando somos crianças. Contudo, a vida adulta nos reserva muitas surpresas e, diante de suas rasteiras, resta-nos reagir e lutar. Nosso choro será apenas nosso e temos que aprender a lavar a alma por nós mesmos. Aí está o caminho do crescimento.

    Beijo. (Fique bem!)

    ResponderExcluir
  4. As mágoas da alma são as mais dolorosas e sofridas . Bela reflexão
    Bjis

    ResponderExcluir
  5. E é aí que o papel de mãe se torna bem importante!
    Gostei...bj

    ResponderExcluir
  6. E é aí que o papel de mãe se torna bem importante!
    Gostei...bj

    ResponderExcluir
  7. Se pudéssemos ser sempre crianças...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Olá...
    Uma realidade reflexiva! Interessante, é que independente da idade, na hora do sufoco lembramos da nossa mãe! Isso é psicológico, espiritual!?

    Um abraço

    ResponderExcluir
  9. E muitas vezes procuramos um consolo que não encontramos.
    O bom é que sempre podemos orar e aliviar nossas dores. Assim recobramos as forças para prosseguir.
    Que belo post!
    Abraços esmagadores e linda semana.

    ResponderExcluir
  10. Desconhecia sua perda. Nossa, sinto muitíssimo! Que Deus os console e conforte. Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Vim avisar que entrou esse texto como uma semente por lá! Podem ver aqui:

    http://canteiroqueunesementes.blogspot.com.br/2016/05/36-semente-vem-do-mulheres-4-estacoes.html

    Espero que gostem! bjs, linda semana,chica

    ResponderExcluir